"As pessoas oprimidas não reconhecerão sua opressão só porque alguém se dá ao trabalho de apontar para elas; elas só virão a reconhecê-la por meio de sua própria experiência e sua própria atividade em lutar contra ela. Assim, a luta e a elevação da consciência estão dialeticamente relacionadas: a luta abre as pessoas para a elevação da consciência, o que as capacita a engajarem-se nela." 
(FAIRCLOUGH, 1989)